THIAGO NEVES DÁ ‘ASSISTÊNCIAS’ NO CRUZEIRO, MAS PARA EM DEFESAS DE GOLEIRO DO MURICI

Meia finalizou muitas vezes – inclusive em cobrança de pênalti – e não marcou

Dois dos três gols do Cruzeiro na vitória sobre o Murici, nesta quarta-feira, pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil, foram marcados pelo adversário. O zagueiro Cláudio, no primeiro tempo, e o meia Deysinho, no segundo, cabecearam contra a própria meta ao tentarem cortar a bola em lances de falta e escanteio. As jogadas saíram dos pés do armador Thiago Neves, responsável pelos cruzamentos.

Se como “garçom” Thiago se deu bem, nos chutes a gol ele precisou lidar com a boa atuação de um oponente. Das sete finalizações do meio-campista, três pararam no goleiro Dias, do Murici. No primeiro tempo, o camisa 1 da equipe alagoana se esticou para espalmar a bola chutada da entrada da área pelo cruzeirense. Na etapa final, a grande chance: Thiago cobrou pênalti sofrido por ele mesmo, mas viu o adversário defender com os pés.

“Bati mal o pênalti, peguei mal na bola. Acabou indo no chão, no meio do gol, foi fácil para o goleiro. Estava resolvido, mas não pode perder, né?! Era uma chance boa para me dar moral, para eu fazer o primeiro gol… mas, está bom. Errei hoje, quem sabe no próximo eu faço”, lamentou Thiago Neves. Ao mesmo tempo em que deixou transparecer a frustração pelo equívoco, o meia celebrou as “assistências”. Em tom de brincadeira, ele pediu para que as participações nos gols contra fossem contabilizadas como passes. “Tem que considerar, né?! Eu que bati na bola, foram duas assistências. Coloca na conta aí (risos)”.
Teoricamente, o responsável pelo pênalti seria Ramón Ábila, que até apanhou a bola para executar o tiro livre. Contudo, a ordem para que Thiago Neves batesse a penalidade máxima partiu do técnico Mano Menezes, que, em entrevista coletiva, elogiou o principal reforço do Cruzeiro em 2017 e minimizou a ansiedade pelo primeiro gol.

“Dois cruzamentos dele com qualidade terminaram em gol. Se o adversário colocou para dentro, é porque a bola foi com qualidade. Torcedor não precisa ficar preocupado com excesso. Quando ele menos esperar, esse gol (do Thiago Neves) vai sair”.

Caso seja mantido na equipe, Thiago Neves terá a próxima oportunidade de marcar o primeiro gol no domingo, às 16h, contra o Tombense, no Mineirão. O jogo valerá pela oitava rodada do Campeonato Mineiro, torneio em que o Cruzeiro ocupa a vice-liderança, com 19 pontos.

Fonte:uai.com

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*