RÓMULO OTERO DESPONTA COMO SUCESSOR DE RONALDINHO NAS COBRANÇAS DE FALTA NO GALO

Jogador venezuelano já marcou dois gols de falta com a camisa alvinegra

Quando foi contratado pelo Atlético, em meados de 2016, Rómulo Otero teve a sua qualidade na bola parada exaltada. Por ansiedade, o primeiro gol de falta demorou 14 partidas para sair. Mais oito jogos e veio o segundo. Aos poucos, o meia venezuelano vai se credenciando para ser o sucessor de Ronaldinho Gaúcho no Galo nesse quesito.
Ronaldinho marcou sete gols de falta com a camisa do Atlético. O último foi no dia 21 de dezembro de 2013, na disputa do terceiro lugar no Mundial de Clubes, contra o Guangzhou Evergrande. Depois disso, apenas três jogadores marcaram de falta até a chegada de Otero: Tiago, em 2014, Dátolo, em 2015, e Rafael Carioca, em 2016.

A média de Otero é de um gol de falta a cada 12 partidas. Já Ronaldinho marcou um gol de falta a cada 12,5 jogos. Dátolo, que era dono das cobranças do Galo após a saída de R10, fez 127 partidas para marcar seu único tento.

Otero já afirmou, em outras oportunidades, que Ronaldinho Gaúcho é sua inspiração para a bola parada. “Não é meu ídolo, mas eu gosto muito, muito, de Ronaldinho Gaúcho. Sempre vi seus vídeos de bola parada, e sempre tratava de fazer o que ele fazia em campo”.

Além dos gols, Otero contribui com lances ofensivos de perigo nas cobranças de falta. A trave já foi carimbada em algumas oportunidades. Em outras, ele parou no goleiro adversário. O venezuelano ressalta também sua ajuda ao time nas cobranças de escanteio.

“É muito importante a bola parada, não só de frente para o gol, mas também no escanteio, importante quando o jogo está difícil, a bola parada ganha o jogo. A concentração dos jogadores é importante. Eu tenho uma responsabilidade, muita gente me conhece pelas faltas. Contra o América foi na trave. Quando estou a frente do gol vou tentar marcar e tenho treinado para melhorar a cada dia”, completou.

Fonte:uai.com

 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*