ROBINHO DESPISTA SOBRE ESCALAÇÃO DO GALO E ANALISA OS PERIGOS DA COPA DO BRASIL

Atacante, poupado contra o Fluminense, volta ao time contra o Paraná

O ataque do Atlético volta a contar com Robinho nesta quarta-feira, contra o Paraná, em Curitiba, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O jogador não atuou contra o Fluminense, domingo passado, pelo Campeonato Brasileiro. Com dores musculares, acabou sendo preservado.

“Feliz por voltar, acabei ficando fora do jogo porque tive um desconforto muscular, devido à maratona de jogos. Fico feliz por voltar e fazer o que mais gosto, que é jogar futebol e ajudar os companheiros”, disse Robinho.

Roger Machado não adiantou a escalação do Atlético para encarar o Paraná, mas relacionou força máxima para o confronto. Robinho não quis dar pistas sobre o time.

“Essa pergunta é para o Roger. Mais importante é que todos têm condições de jogar. Aquele que jogar vai fazer o melhor para dar conta do recado”, disse.
Na última atividade na Cidade do Galo, Roger Machado escalou 11 jogadores na linha, o que gerou a dúvida: Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel, Fábio Santos, Adílson, Rafael Carioca, Elias, Otero, Cazares, Robinho e Fred. Na derrota para o Fluminense, o técnico admitiu que os volantes Carioca e Adilson sentiram um desgaste físico maior. Por isso, um deles pode ser poupado em Curitiba.

Sobre a disputa da Copa do Brasil, Robinho destaca que a competição tem seus perigos. O jogo de ida tem um peso importante na definição do classificado.

“São sempre dois jogos difíceis. Fora de casa, temos que jogar para ganhar, mas sabendo que é importante não perder, não voltar com resultado muito ruim. Essa é a lição. Não se decide tudo agora. A gente pode tanto dar um passo importante como pode dificultar bastante”, disse o atacante.

Fonte:uai.com

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*