O MINEIRÃO É NOSSO!”: BONS NÚMEROS DEVOLVEM FORÇA AO CRUZEIRO EM CASA

Equipe mineira tem nove vitórias e um empate em 10 jogos dentro de casa em 2017, enquanto na temporada passada teve dificuldades para atuar como mandante

 

Ahá, uhu, o Mineirão é nosso!” O grito de guerra da torcida do Cruzeiro está fazendo jus ao que o time produz, no Gigante da Pampulha, em 2017. Afinal, se a invencibilidade na temporada é motivo de comemoração, o desempenho dentro da casa cruzeirense é ainda mais notável. Este ano, foram 10 partidas no estádio, com nove vitórias e apenas um empate. Nesses jogos, o Cruzeiro fez 23 gols e sofreu apenas seis.

o ano de 2016, por exemplo, foram feitos 31 jogos no Gigante da Pampulha. Destes, 15 terminaram em vitórias, nove em empates e sete em derrotas, sendo elas para o Fluminense, na Primeira Liga; São Paulo, Flamengo, Atlético-PR, Sport e Botafogo no Campeonato Brasileiro e para o Grêmio na Copa do Brasil. O Cruzeiro balançou as redes 48 vezes, e sofreu 37 gols. O aproveitamento da equipe em casa foi de apenas 48,38%.

Nos anteriores, 2013 e 2014, o fenômeno foi exatamente o oposto. O sincronismo entre torcida, time e estádio fez com que o Cruzeiro faturasse o bicampeonato brasileiro e conquistasse o mineiro de 2014.

 

Este ano, o Cruzeiro já entrou em campo por quatro competições diferentes no Mineirão. Foram partidas pelo Campeonato Mineiro, pela Copa do Brasil, pela Primeira Liga e pela Copa Sul-Americana. Além do marcante aproveitamento de 93,3% dos pontos, o time tem apresentado futebol eficiente e convincente. Com exceção do empate com o Tombense, pelo Mineiro, em todos os outros jogos, o Cruzeiro mereceu as vitórias que conseguiu.

Foram triunfos importantes, inclusive dois sobre o maior rival, um pela Primeira Liga e um pelo Estadual. O Cruzeiro também obteve vitórias marcantes na Copa do Brasil, que o levaram até a quarta fase da competição, e na Copa Sul-Americana, terça-feira, sobre o Nacional-PAR.

 

Fonte:globo.com

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*