MANO ELOGIA SERIEDADE EM GOLEADA, ESTREIA DE NEVES E SOBIS GOLEADOR

Treinador diz que estreia de Thiago “superou as expectativas” e que Rafael Sobis vai continuar brigando pela posição que vem atuando e fazendo gols na temporada

 

Só elogios. Mano Menezes não teve motivos para fazer ressalvas da atuação do Cruzeiro na goleada por 6 a 0 sobre o São Francisco-PA, nesta quarta-feira, pela segunda fase da Copa do Brasil. O desempenho dos jogadores foi exaltado pelo treinador, que destacou o “jogo sério” dos comandados, apesar da fragilidade do adversário, além de ter elogiado a estreia de Thiago Neves e a grande noite de Rafael Sobis, que marcou quatro gols pela Raposa

Sobre a atuação do time, Mano Menezes disse que o cenário da partida era o esperado pelo Cruzeiro, mas que o time se comportou da maneira correta.

– Fizemos o que temos que fazer contra um adversário que estabelece um nível diferente de enfrentamento. A gente sabia que o jogo seria disputado nessa circunstância, analisamos bem antes como seria, o que propusemos foi fazer um bom jogo, sério e organizado. Em determinado momento, conseguimos isso, um placar de 6 a 0, muito mais pelo volume de jogo conseguido no primeiro tempo.

 

Sobre a estreia de Thiago Neves, que começou como titular e deu duas assistências na partida, o técnico Mano Menezes disse que a estreia do meia superou as expectativas da comissão técnica.

Um boa estreia, não quis estender mais por segurança, não tinha necessidade, o jogo estava resolvido. Mas superou as expectativas, estava em um longo período de inatividade ,mas se entenderam bem (os jogadores da frente). Já vinham fazendo isso no treinamento, é aproveitar o bom momento para voltarmos depois dessa parada (do Carnaval) e tentar fazer um bom jogo contra a Caldense, como mandante e continuar melhorando – destacou.

Outro elogiado, claro, foi Rafael Sobis, que marcou quatro gols e se isolou na artilharia da Copa do Brasil.  Mano Menezes disse que, por causa do bom momento, não vê motivos para mudar o jogador para a posição que estava atuando na temporada passada.

– Não estou pensando nisso, não. Se ele continuar fazendo gol, vai continuar assim. No ano passado, fez poucos gols, esse ano fez muitos. Por questão de lógica, vamos deixar na posição. Vai continuar disputando a posição e quem tiver melhor, vai jogar, e o outro vai ter que esperar. Essa é a vida.

 

Fonte:globo.com

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*