MANO DIZ QUE CLIMA NO CRUZEIRO É BOM E AVALIA NACIONAL: “NÃO ESPERAMOS FACILIDADE”

Raposa enfrenta a equipe paraguaia nesta quarta, no Defensores del Chaco

O técnico Mano Menezes garante que o clima no elenco do Cruzeiro é bom para a partida decisiva contra o Nacional, nesta quarta-feira, às 19h15, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, pelo jogo de volta da Copa Sul-Americana. No último fim de semana, a Raposa perdeu a final do Campeonato Mineiro para o Atlético (2 a 1) e, por causa do revés, ficou sem a taça da competição, decepcionando os torcedores celestes.

O Estadual, contudo, é passado. O foco agora é a competição sul-americana. Como venceu a primeira partida por 2 a 1, no Mineirão (04 de abril), o Cruzeiro se classifica à próxima fase com um empate contra o Nacional. O primeiro jogo já foi bem sofrido para a Raposa, que saiu atrás no placar, mas virou com gols de Ábila e Thiago Neves.

“O clima é bom. O Cruzeiro fez um bom Campeonato Mineiro. Perdeu o título, perdeu uma partida. Perdeu a mais importante, mas tem um trabalho, tem sustentação para já na próxima partida continuar a sua trajetória como tem feito até aqui. O bom do futebol é isso, quando você perde, e no nosso caso é raro, tem um jogo dois, três dias depois, para fazer a sua recuperação. E o Cruzeiro tem condição disso, de sair daqui com a vaga, fizemos uma vantagem mínima em casa, mas fizemos a vantagem e vamos tentar consolidá-la”, diz Mano Menezes, em entrevista ao programa Redação, do SporTV.

Rival celeste, o Nacional conquistou uma sequência de bons resultados após o primeiro duelo contra a Raposa. Foram cinco partidas, com três vitórias (Guarani 1 x 3, Cerro Porteño 0 x 2 e Rubio Ñú 1 x 2), um empate (SportivoTrinidense1 x 1) e apenas uma derrota (Deportivo Capiatá 2 x 0). Mano já esperava um Nacional mais competitivo.

“A gente já esperava isso (dificuldade) e falei antes do primeiro jogo que era importante fazer uma vantagem, porque no jogo seguinte o Nacional certamente estaria melhor, porque tinha acabado de trocar de treinador, tem elenco de qualidade e naquele momento a colocação não era boa nem o desempenho. Agora a situação já é outra, temos que estar preparados para isso e não podemos esperar facilidades”, disse Mano, que garante que o Cruzeiro entrará focado na competição.

“É uma das competições que iriamos jogar, e quando você entra na competição falar em título soa muito mais como um objetivo e não como retrato daquele momento. É uma competição longa, você vai falar em título quando chegar na reta final e tiver competência para chegar lá. Agora nós temos que ir ganhando confiança, tentar passar cada fase com respeito e torneio é torneio, da mesma forma que você ganha, pode não ganhar. Não adianta pensar lá na frente, temos que pensar no Nacional e tentar conseguir a nossa vaga na quarta-feira à noite”, acrescentou.

Fonte:uai.com

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*