MAIS 14 RADARES SERÃO LIGADOS NAS RODOVIAS ESTADUAIS DE MG

04/05/2017. Credito: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press. Brasil. Belo Horizonte - MG. Radares na rodovia MG 30, aproximadamente a 300 metros da barreira da policia de Nova Lima

Compartilhe nas Redes Sociais

Equipamentos estão na Grande BH e também no interior do estado, com limites de velocidade que variam entre 40 km/h e 60 km/h

No cronograma de implantação de radares nas rodovias estaduais que cortam Minas Gerais, mais 14 equipamentos começarão a multar motoristas que passarem acima da velocidade a partir da próxima terça-feira, 23 de maio. Os aparelhos já estão ligados desta a última quarta-feira, mas funcionando apenas em caráter educativo, sem emitir as multas.

Segundo o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG), todos os locais onde estão os equipamentos foram sinalizados. Os limites permitidos de velocidade variam de 40 km/h a 60 km/h.

A expectativa do órgão estadual que gerencia as Mgs é que até o fim de junho o número de radares, que totalizava 280 equipamentos no início do mês, chegue a 393 fiscais eletrônicos. Segundo o diretor-geral do DEER/MG, Djaniro Silva, a estrutura física dos aparelhos já está praticamente toda montada em todos os pontos, restando ainda ações da Cemig, para energizar os pontos onde os radares serão instalados, e do Inmetro, para aferir os equipamentos.

Dos 14 novos dispositivos, seis estão na Grande BH: dois em Ribeirão das Neves (LMG-806, quilômetros 8,3 e 8,6); um em Nova Lima (MG-030, quilômetro 22,3); um em Esmeraldas (MG-060, quilômetro 69,0); um em Pedro Leopoldo (MG-424, quilômetro 22,9) e um em Sabará (MGC-262, quilômetro 302,5). Os radares do interior do estado estão distribuídos em: Montes Claros (LMG-653, quilômetro 23,2); Manhumirim (MG-111, quilômetros 106,9 e 107,0); Mato Verde (MGC-122, quilômetro 74,6); Porteirinha (MGC-122, quilômetro 121,8); Janaúba (MGC-122, quilômetro 162,3); Salinas (MG-404, quilômetro 17,9) e Alvinópolis (MG-123, quilômetro 40,2).

Fonte:uai.com

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*