FORÇA DOS RESERVAS: BANCO DO GALO TEM PARTICIPAÇÃO EM UM TERÇO DOS GOLS EM 2017

Substituições renderam cinco gols e quatro assistências na temporada

O técnico Roger Machado chegou ao Atlético com uma dura missão: deixar o time mais organizado e compacto, mas sem perder a essência ofensiva que marcou os títulos do clube nos últimos anos. Aos poucos, o treinador gaúcho vai implantando o seu estilo na equipe. Ao mesmo tempo, a ofensividade continua. Neste ano, o Galo já marcou o triplo de gols que sofreu: enquanto balançou as redes adversárias em 27 oportunidades, foi vazado apenas nove vezes.

Um fator que ajuda bastante o Atlético de Roger Machado é a participação do banco de reservas. Um terço dos gols do Alvinegro na temporada teve contribuição de jogadores que entraram no decorrer das partidas. São cinco gols e quatro assistências.

Quem tem a maior participação saindo do banco de reservas é o atacante Rafael Moura. Ele atuou como suplente em oito partidas, com três gols marcados e duas assistências. No último sábado, ele foi fundamental para o triunfo alvinegro sobre o Tricordiano, por 2 a 1, ao aproveitar bate-rebate na área aos 46 minutos da etapa final.
“Especial demais pra mim, ainda mais aqui em Divinópolis, que foi onde fiz o meu primeiro jogo como titular com a camisa do Atlético em 2003. Agora pude voltar com gol, que é mais especial ainda”, comemorou o jogador após o tento no Farião.

As outras participações em gols foram de Otero (agora titular), que marcou um golaço contra o Tombense, Maicosuel, com um gol e uma assistência, e Cazares, que deu uma assistência na partida contra o Villa Nova.

Fonte:uai.com

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*