ENDERSON EXALTA CONTROLE DEFENSIVO DO AMÉRICA E DESTACA JOÃO RICARDO: ‘CONSISTENTE’

Em desvantagem numérica no 2º tempo, Coelho segurou a vitória no Horto

A vitória contra o Ceará, por 1 a 0, no Independência, deve servir para dar mais estabilidade ao América em busca de um novo acesso à Série A para a próxima temporada. Nesta terça-feira, no Horto, ao contrário das apresentações contra Goiás e Paysandu, a equipe mineira soube ter o máximo de concentração durante os 90 minutos para conquistar os três pontos.

Assim como contra os rivais goiano e paraense, o América foi superior no primeiro tempo. Os comandados de Enderson Moreira souberam controlar o jogo e tiveram as melhores chances da etapa inicial. Desta vez, porém, o time não bobeou e aproveitou uma oportunidade para abrir o placar, com Luan, aos 36 minutos. No entanto, Zé Ricardo foi expulso aos oito minutos do segundo tempo e o time precisou recuar suas linhas para segurar a vitória.

“Quando perdemos um jogador, tivemos que abdicar um pouco do jogo. Já estávamos com 1 a 0 e tinha muito tempo pela frente. A gente tinha que tomar algumas precauções e fazer mexidas para manter uma estabilidade defensiva e também tentar reter a bola na frente. No primeiro tempo, o Ceará teve uma chance no começo, em grande defesa do João. Após isso, criamos boas situações. Fizemos o primeiro gol, tivemos chance de fazer o segundo e, quem sabe, até um terceiro”, analisou Enderson Moreira.

Se, nos primeiros 45 minutos, o América conseguiu explorar a superioridade técnica, no segundo tempo, foi a vez da equipe apresentar a melhora necessária quando é atacada – aspecto que vinha pecando anteriormente. E foi assim durante cerca de 30 minutos. Mais uma vez, João Ricardo se mostrou em excelente forma e salvou as redes americanas em pelo menos três grandes finalizações do Ceará.

“Na volta para o segundo tempo, estava muito cedo para imaginar o que poderia acontecer. Acima de tudo, fomos um time que se defendeu bem. É uma coisa que a gente sempre coloca. somos um time que dá poucas oportunidades ao adversário. Hoje, as poucas que eles tiveram, o João teve uma atuação muito consistente e fez com que a gente pudesse conseguir essa vitória”, definiu o treinador americano.

Fonte:uai.com

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*