COM GOL NO FIM, INTERNACIONAL VENCE AMÉRICA EM DUELO DIRETO PELA LIDERANÇA DA SÉRIE B

Nico López marcou aos 40 minutos do 2º tempo, e o Coelho segue na 2ª posição

América e Internacional fizeram um duelo digno de duas equipes que disputam, rodada após rodada, a primeira colocação da Série B do Campeonato Brasileiro e seguem em busca do título da segunda divisão nacional. Nesta quarta-feira, o Coelho foi ao Beira-Rio e, mesmo com o rival sendo empurrado por mais de 36 mil torcedores, jogou de igual para igual com o Colorado. Depois de empate em 1 a 1 no primeiro tempo, os donos da casa conseguiram a vitória com gol de Nico López, que fez 2 a 1 aos 40 minutos da segunda etapa.

O resultado deixa o Internacional isolado na liderança, com 51 pontos, contra 48 do segundo colocado América, que na próxima rodada enfrenta o Oeste no Independência. Como a data da partida foi alterada pela CBF, as duas equipes se enfrentam no fechamento da rodada, às 11h de domingo. O Colorado também joga em casa, e recebe o Santa Cruz, às 16h30 de sábado, no Beira-Rio.

O jogo – O duelo começou com o América tentando tocar a bola e segurar o ímpeto do Inter. Colorado tenta usar a força da torcida para pressionar, mas o primeiro chute só veio aos 5 minutos. De longe, Eduardo Sasha chutou e João Ricardo fez defesa segura no meio do gol. Renan Oliveira respondeu da mesma forma, mas pegou mascado e a bola saiu pelo lado direito. Aos 10min, Lenadro Damião teve boa oportunidade e também chutou para fora.

O Coelho tentou diminuir a intensidade da partida, e o Internacional aproveitou os espaços para avançar suas linhas. Com a bola no pé, o Colorado tentava infiltrações. Em uma delas, aos 19min, após belo lançamento de William Pottker, Sasha sofreu a carga de Norberto e o árbitro marcou a falta a poucos centímetros da área. D’Alessandro bateu forte, mas João Ricardo, bem colocado, segurou em dois tempos.

Com dificuldades para encaixar as jogadas de contra-ataque, o América perdeu sua segurança e corria perigo ao ter a bola roubada ainda em seu campo. Aos 25min, Sasha chegou pela esquerda e exigiu boa defesa de João Ricardo. Pelo mesmo lado, dois minutos depois, D’Alessandro descolou ótimo cruzamento para Edenílson, que subiu mais que a defesa e cabeceou sem chances para o goleiro americano. 1 a 0.

O América teve sangue frio na sequência. Mesmo com toda a pressão dos donos da casa, a equipe mineira não se desesperou e tentou trabalhar a bola em busca dos espaços na defensiva colorada. Depois de duas boas chegadas com erros no último passe, o Coelho acertou o pé. Aos 39min, Renan Oliveira achou Luan pela esquerda. O camisa 7 alviverde ajeitou para o chute e a bola ainda desviou na zaga antes de entrar no canto oposto de Danilo Fernandes. 1 a 1.

Com apenas um minuto do segundo tempo, o Coelho viu a tônica da primeira etapa se repetir. O América perdeu a saída de bola na intermediária, Alemão avançou pela esquerda e cruzou para a área. Pottker ganhou no alto e cabeceou no travessão. Aos 9min, mais uma vez pressionando, D’Alessandro encontrou Sasha próximo à área. O atacante colorado dominou, cortou a zaga e bateu forte. João Ricardo segurou firme.

Com o jogo mais equilibrado, o América conseguiu sua primeira boa oportunidade. Aos 13min, Edno tabelou pela intermediária e bateu, mas parou em Danilo Fernandes. Um minuto depois, polêmica no Beira-Rio. D’Alessandro lançou Pottker, que ganhou na corrida de Pará e foi impedido de avançar por João Ricardo, que era o último homem. O árbitro marcou falta e deu amarelo para o goleiro americano, que se machucou no lance e precisou ser substituído.

Após muita discussão, com o jogo parado por alguns minutos, o Inter tentou se manter no campo ofensivo. Encurralado, o América rebatia, por baixo e pelo alto, as investidas do adversário. Guto Ferreira colocou Nico López e Camilo no time e as substituições deram resultado. Bola lançada na ponta, Camilo desvia de cabeça e Nico López ganha dos zagueiros para bater no canto. 2 a 1. Mesmo com menos posse de bola, o Coelho ainda teve boa chance de buscar o empate, mas a finalização de Luan saiu por pouco. Charles perdeu uma chance ainda melhor, batendo para fora no último minuto do confronto.

Fonte:uai.com

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*